Buscar
  • Silvia Sousa

Não confunda Limite Operacional de Câmbio com Limite isento de declaração de Imposto de Renda!



É isso mesmo gente! este é um assunto muito, muito importante que deve ser esclarecido corretamente!


Não confunda Limite Operacional de Câmbio com Limite isento de declaração de Imposto de Renda.


Sempre vejo por aí uma grande confusão sobre este assunto.


Veja bem,

um exemplo,


Se você vive no exterior e precisa enviar dinheiro para sua mãe que vive no Brasil,

você pretende enviar todos os meses um valor de 2 mil dólares americanos, que na cotação de hoje seria aproximadamente uns 10 mil reais.

Neste caso a sua mãe receberá cerca de 10 mil reais todos os meses na conta aqui do Brasil, somando 120 mil reais no ano.


Para se manter isento de Declaração de Imposto de Renda no Brasil, a pessoa não pode receber, ao longo do ano, mais que R$ 28.559,70 em rendimentos tributáveis.


Se a sua mãe era isenta de Imposto de Renda, agora não é mais.

Pois todo este dinheiro que sua mãe recebeu deve ser declarado como rendimentos aqui no Brasil.


Se a sua mãe já fazia a Declaração de Imposto de Renda, o valor que recebeu do exterior, mesmo que for pequeno deve ser declarado como rendimentos.


Então lembre-se que se a pessoa já declara Imposto de Renda aqui no Brasil, qualquer centavo que entrar na conta de origem do exterior já conta como rendimentos.


Muita gente fala, ahh, eu não declaro e nunca aconteceu nada,

eu digo: ótimo, por enquanto não aconteceu nada, mas uma hora pode acontecer. então atente-se sobre os valores recebidos do exterior em relação ao seu caso em específico, se sua mãe já declara Imposto de Renda é uma coisa, se ela é isenta é outra coisa, e faça as contas em relação ao montante recebido no ano.


A mesma conta deve ser feita para qualquer valor que você receber do exterior, seja qual for o motivo do recebimento.


Melhor que isso, procure um contador, ou um especialista tributário, pare de acreditar em tudo o que os outros dizem por aí, para assuntos importantes, sempre tenha um especialista no assunto para te orientar corretamente.


Diferente é sobre Enviar Dinheiro para o Exterior.


Se você vai enviar dinheiro para o exterior, somente deve se atentar ao limite Operacional de Câmbio, pois certamente você já faz a declaração de Imposto de Renda dos seus rendimentos aqui no Brasil, que nada tem a ver com ter que declarar novamente somente para enviar o dinheiro ao exterior.


OBS: Se você possui conta bancária no exterior, não se esqueça de declarar o valor em conta, mesmo que seja pequeno, não tenha medo, declarar valores mantidos em conta no exterior não te faz pagar impostos adicionais.


Agora vamos falar de Limite Operacional de Câmbio


Muitas vezes eu vejo que pessoas dizendo por aí que o limite de câmbio é de 10 mil USD por mês , e que não paga imposto e bla bla bla bla, bla, Esqueçam isso!!!!!


Uma coisa não tem nada a ver com a outra.


As Instituições financeiras autorizadas a Operar no Mercado de Câmbio, criam o Limite de Câmbio baseado na documentação de identificação e de capacidade financeira devidamente declarada.


Normalmente, para Operações de pequeno porte, com valores até 10 mil Dólares (ou equivalente em outras moedas), exige-se somente documentos de identificação com foto e informações pessoais e de endereço.


Para Operações de médio e grande porte, com valores acima de 10 mil USD (ou equivalente em outras moedas), exige-se os documentos citados acima + documentos de Capacidade financeira, (imposto de Renda).


Algumas empresas de Transferências Internacionais Optam por trabalhar somente com Operações de pequeno porte, este não é o nosso caso, atendemos operações de Câmbio de qualquer valor, sedo de pequeno, médio e grande porte.


Espero ter ajudado, caso tenham qualquer dúvida, fale com a gente em um de nossos canais de atendimento.


Quer saber todos os detalhes sobre Limite Operacional de Câmbio?

leia nosso artigo: Limite Operacional de Câmbio para pessoa Física







52 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo